maconha cerebro

Você sabe como a maconha atua no seu cérebro? (vídeo)

Sabe-se que usar substância para alterar seu estado de consciência e emocional, já é uma velho costume dos seres humanos e a cannabis é a mais popular do mundo nesse contexto. Em todo o planeta se consome cannabis de várias maneiras, desde alguns mil anos atrás.

A primeira referência ao uso da cannabis como droga psicoativa, está em um livro chinês chamado “Pen ts’ ao ching” escrito pelo imperador Shen-nung por volta de 2.700 A.C.

Os neurônios são células que processam as informações no nosso cérebro. Liberam produtos químicos chamados de neurotransmissores, do axônio de um neurônio para o dendrito de outro, alterando a carga elétrica do neurônio receptor, inibindo ou animando o mesmo.

Quando um neurônio é animado, o sinal é transmitido em milésimos de segundos ao longo de todo o cérebro. Isso é o que acontece toda vez que você pensa, respira, fala, anda…

E no caso da maconha?

Ao contrário do álcool, que contém moléculas nada comuns com as que temos em nosso corpo, a cannabis contém moléculas que se assemelham àquelas produzidas em nossos próprio cérebro, que são os famosos canabinóides.

O tetrahidrocanabinol(THC) se assemelha a um transmissor natural chamado Anandamida. Estes canabinóides são neurotransmissores liberados pelos neurônios que foram queimados. Os neurônios ficam temporariamente sem resposta após a queima, para evitar que eles se sobrecarreguem ou se tornem muito dominantes. Isso permite que seu cérebro funcione de forma calma e controlada.

bob-marley-fumando-maconha
Bob Marley

Mas os canabinóides interrompem esse procedimento em algumas partes do cérebro. Ao invés disso, eles removem o período refratário dos neurônios que já estão ativos e fazem com que seus pensamentos, imaginações e percepções se ampliem totalmente. Isto significa que quando você inicia uma linha de pensamento, ela vai se torando muito importante e profunda.

Publicidade

Você pode ficar concentrado em alguma música durante um tempo, ou relembrar momentos da sua vida, porque você é pego de cheio viajando nessa ideia em particular, seus neurônios continuam disparando até que uma nova ideia tome conta da sua mente e de repente você verá fluir uma nova linha de pensamento.

Estes canabinóides também afetam os níveis de dopamina e norepinefrina no cérebro. Isso muitas vezes leva a uma sensação de euforia, relaxamento, moderação de dores, intensificação de uma experiência, embora possa causa também ansiedade. Além disso, existem receptores de canabinóides em áreas que controlam a memória de curto prazo, a aprendizagem, a coordenação, o controle dos movimentos e as funções cognitivas.

Confira esse vídeo divertido que explica tudo isso. Legendas disponíveis em português, basta ativa-las no player do Youtube.

 

 

[chimpy_lite_form]

Comments

comments

The following two tabs change content below.