carteis-mexicanos-falindo-legalizacao-maconha-eua-colorado

Maconha legalizada nos EUA está falindo cartéis mexicanos

A principal fonte de renda dos cartéis de drogas do México sempre foi  a maconha, mas parece que agora, depois da legalização nos Estados Unidos, os chefões do tráfico estão sofrendo grandes quedas nas suas receitas e beirando a falência.

A legalização e venda de maconha no Colorado, reduziu as operações dos cartéis mexicanos ao longo da fronteira sul dos Estados Unidos, bem como no interior do país, de acordo com um relatório divulgado nesta segunda-feira por um grupo especializado em questões jurídicas.

O uso recreativo de maconha foi legalizada no Colorado, em novembro de 2012, quando a grande maioria dos eleitores aprovou a Emenda 64.

O relatório, publicado pela Lawyer Herald, usa as estatísticas recentes de várias fontes para concluir que a produção legal, a distribuição e a venda de maconha recreativa no Colorado é um dos principais fatores que contribuíram para a redução das operações de contrabando dos cartéis mexicanos.

Um relatório oficial emitido em outubro 2015, pela Drug Enforcement Administration dos EUA, confirmou a redução, mostrando que em 2014 houve uma queda de 23 por cento no contrabando de fronteira em relação ao ano anterior. Apesar disso, as autoridades apreenderam cerca de 900 toneladas de maconha ilegal na fronteira.

Publicidade

Para os cartéis mexicanos, a maconha continua sendo a maior fonte de renda. Não só pelo retorno, mas também porque a produção pode ser inteiramente controlada pelas gangs, enquanto a cocaína vendida nas ruas ainda vem, em sua maioria, da Colômbia. Apesar disso, a baixa nos preços da erva já está levando os cartéis a buscarem outras fontes de renda.

Relatórios divulgados no mês passado pela Universidade Carnegie-Mellon e pela Universidade de Maryland, mostram que a queda nas atividades dos traficantes de drogas mexicanos ao longo da fronteira, está diretamente relacionada com um novo mercado negro no Colorado, que oferece maconhas mais potentes que as variedades mexicanas  e são distribuídas ilegalmente em outros estados.

 

Foto: Flickr/Claudio Toledo

Comments

comments

The following two tabs change content below.